PROBLEMAS COM O FIES?

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

O Mec anunciou no início da noite  que os contratos FIES serão corrigidos em até  6,4%. Faculdades que não  obedecerem  serão  excluídas  do programa.

O Mec anunciou no início da noite  que os contratos FIES serão corrigidos em até  6,4%. Faculdades que não  obedecerem  serão  excluídas  do programa.

Os papéis saltaram na Bovespa com apostas de que o ministro da Educação, Cid Gomes, anunciaria também mudanças nas novas regras para a concessão de financiamentos do Fies, mais especificamente data para a volta das recompras mensais de créditos do Fies para 2016 ou 2017, o que não se confirmou.

Por outro lado, ministro da Educação, Cid Gomes, autorizou nesta quinta-feira um reajuste de até 6,4 por cento nas matrículas do Fies, a ser aplicado no aditamento do primeiro semestre, de acordo com informações da mídia local. Gomes tinha dito na quarta-feira que os cursos com reajuste acima de 4,5 por cento estavam sendo colocados à parte antes de terem os contratos renovados.

Representantes do MEC não estavam disponíveis para comentar o assunto. Mais cedo, a assessoria de imprensa do ministério tinha afirmado que mudanças nas novas regras para concessão dos financiamentos não seriam divulgadas nesta quinta-feira.

No fechamento da bolsa, antes da divulgação do comunicado do MEC, a ação da Kroton disparou 14,5 por cento e Estácio subiu 10,6 por cento. Ser Educacional e Anima Educacional valorizaram-se em 14,35 e 10 por cento, respectivamente.

O MEC disse que o Sistema Informatizado do Fies (SisFies) ficará aberto até o dia 30 de abril e que podem recorrer ao financiamento estudantes matriculados em cursos superiores que tenham avaliação positiva nos processos conduzidos pelo Ministério.

O presidente da Associação Brasileira de Mantenedoras do Ensino Superior (Abmes), destacou que um atraso maior na abertura do sistema "poderia comprometer o semestre de vários alunos (...) já que não possuem recursos para arcar com a mensalidade".

Em relação às demais demandas das empresas, como a questão da recompra mensal dos créditos, a diretora-executiva da Associação Brasileira para o Desenvolvimento da Educação Superior (Abraes), Elizabeth Guedes, afirmou estar aguardando pronunciamento do ministro.

No final do ano passado, entre as novas regras do Fies, o MEC estabeleceu que as empresas com mais de 20 mil alunos usando empréstimos do fundo poderão vender seus créditos do programa em um intervalo mínimo de 45 dias, ante 30 anteriormente.

Guedes afirmou que a Abraes segue negociado com o ministério, mas não quis informar a pauta de reivindicação. A entidade representa Kroton, Estácio, Ser Educacional, Anima entre outras empresas de ensino.

(Por Paula Arend Laier e Juliana Schincariol)

3 comentários:

André Crislan Silveira Santos disse...

Boa noite!

Prezado Dr. Saulo Rodrigues,

Conforme essas novas regras do FIES, estou impossibilitado de financiar minhas horas de voo do curso de ciências aeronáuticas. Eu já possuo o FIES, mas com as novas regras não consigo encaixar as horas de voo, pois os valores das mesmas são altos o que ficaria fora da regra. Eu transferi meu curso para a Universidade FUMEC, onde a mesma financia/financiava as horas de voo pelo FIES, mas agora com estas regras está praticamente impossível de serem financiadas, tanto por novos alunos quantos os veteranos. Essa regra vai prevalecer e continuar a prejudicar a todos? Existe alguma saída? Aguardo retorno.
Desde já muito obrigado.

Atenciosamente,

André Crislan.

André Crislan Silveira Santos disse...

Boa noite!

Prezado Dr. Saulo Rodrigues,

Conforme essas novas regras do FIES, estou impossibilitado de financiar minhas horas de voo do curso de ciências aeronáuticas. Eu já possuo o FIES, mas com as novas regras não consigo encaixar as horas de voo, pois os valores das mesmas são altos o que ficaria fora da regra. Eu transferi meu curso para a Universidade FUMEC, onde a mesma financia/financiava as horas de voo pelo FIES, mas agora com estas regras está praticamente impossível de serem financiadas, tanto por novos alunos quantos os veteranos. Essa regra vai prevalecer e continuar a prejudicar a todos? Existe alguma saída? Aguardo retorno.
Desde já muito obrigado.

Atenciosamente,

André Crislan.

Simone Lima disse...

Boa noite preciso de uma orientação ... ao realizar o aditamentos do fies não simplificado junto ao banco, minha documentação não foi aceita devida haver um erro cadastral no meu estado civil, consta divorciadas enquanto na verdade sou casada, levei minha certidão de casamento e RG do cônjuge e mesmo assim minha documentação não foi recebida, entrei em contato com a faculdade, com Fies pelo 0800 e eles me orientaram abrir uma demanda explicando o ocorrido, o prazo para realização do aditamento venceu dia 30.12.2016 e até agora não me responderam, vc poderia me dar uma orientação ? Obrigada

Postar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Free Samples By Mail